» » Placas de orientação de combate ao mosquito transmissor da Dengue são instaladas nos cemitérios de Chiapetta

Placas de orientação de combate ao mosquito transmissor da Dengue são instaladas nos cemitérios de Chiapetta

postado em: Saúde | 0

A administração municipal, através da Secretaria de Saúde, reforça que o combate ao mosquito Aedes Aegypti (transmissor da Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela) deve ser realizado durante todo o ano. Com a proximidade do feriado do Dia dos Finados (nesta quarta-feira), a Vigilância Ambiental em Saúde alerta os chiapetenses para intensificarem o cuidado com a água parada.

A equipe de combate à endemias de Chiapetta alerta a comunidade que vasos e floreiras levados aos cemitérios podem servir de criadouros para o mosquito e reforça que embalagens plásticas, suportes para as velas colocadas nos túmulos, copos plásticos e os próprios jazigos podem servir de criadouro para as larvas do mosquito. Por isso, pede para quem visitar os cemitérios tomar alguns cuidados. As chuvas constantes e o aumento das temperaturas transformam qualquer recipiente que acumula água em um local propício para a proliferação do mosquito.

Solicitamos que a comunidade fique em alerta e não deixe a água acumular em nenhum lugar. Por isso, listamos algumas recomendações que podem ser seguidas nestes casos:

  • No caso de vasos, a recomendação é preenchê-los com areia ou
    substituí-los por modelos que não acumulem água;
  • Sobre as flores, uma opção é preferir flores artificiais ou as plantadas diretamente na terra. Também pedimos que evite plantas que podem reter água
    entre as folhas, como bromélias;
  • Outro cuidado que você pode tomar é retirar as embalagens plásticas dos vasos (papéis celofane), não usar
    cachepôs (porta vasos) e nem deixar objetos que possam estocar água sobre os túmulos;
  • Se for substituir as flores e potes, você pode colocar os velhos diretamente nas lixeiras.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.