» » Chiapetta inaugura Sistema Alternativo de Tratamento de Água

Chiapetta inaugura Sistema Alternativo de Tratamento de Água

Tecnologia simples e barata vai tratar água no meio rural

Com o objetivo de melhorar a qualidade da água que chega às torneiras das residências do interior do município de Chiapetta e simplificar o processo de tratamento, a Administração Municipal por meio da Secretaria de Saúde e o Conselho Municipal de Saúde inauguraram na última sexta-feira, 05, o Sistema Alternativo de Tratamento de Água. O Projeto Piloto instalado na Comunidade de Nova Conquista leva água tratada para 76 famílias, além de beneficiar a Escola Municipal Haydêe Chiapetta.

A proposta teve início no ano de 2017, em uma das discussões do Conselho Municipal de Saúde. Mobilizados em trabalhar a questão da qualidade da água e o impacto na saúde das famílias, o Presidente do CMS, Dhonathã Rigo, conta que o grupo conheceu uma experiência diferente dos sistemas tradicionais de tratamento de água no município de Rondinha. “Além de muito simples e barato, observamos que o sistema facilitaria a vida de quem vai monitorar e tratar a água”.

Instalado no mês de dezembro de 2018, o gerador de cloro utiliza o sal de cozinha para o tratamento da água. De acordo com o representante da empresa Aquatronic, Anderson Baseggio, com uma pequena quantidade sal, é possível produzir o hipoclorito de sódio (cloro líquido). A partir do momento que o cloro é produzido, ele é armazenado próximo ao poço e adicionado pelo equipamento à rede. “A água chega tratada às residências, com cloro na quantidade ideal. Um sistema muito prático e barato. Com 2 reais são produzidos 100 litros de hipoclorito de sódio e a comunidade fica autossuficiente”, explica Anderson.

De acordo com Secretário da Saúde, Lisandro Franco Pires, a Secretaria de Saúde tem trabalhado no aspecto curativo, mas também tem buscado iniciativas de prevenção e promoção da qualidade de vida da população, sendo o projeto piloto exemplo disso. O secretário comenta que existem 18 poços de água no meio rural de Chiapetta e que a decisão pela implantação do gerador de cloro na Comunidade de Nova Conquista foi tomada no Conselho de Saúde, do qual levou em conta o número de famílias beneficiadas e também pela localidade sediar uma escola.

“Nesses quatro meses já é possível observar os benefícios”, destaca a diretora da Escola Municipal Haydêe, Ilma Sthopiglia Langner. Ela conta que havia muita incidência de diarreia e vômito nos alunos e que até foi estudada a ideia de instalação de um filtro na escola, mas com instalação do equipamento no poço artesiano da comunidade, o índice de doenças causada por bactérias diminuiu. “É um projeto maravilhoso, elas podem beber água sem medo”.

Durante cerimônia de inauguração, o Prefeito Municipal Eder Luis Both destacou a importância da iniciativa, demonstrando ser um grande investimento na área da saúde. Eder afirmou também que pretende gradativamente expandir a proposta às demais localidades, sem custo adicional, conforme interesse das comunidades.

Estiveram presentes na Inauguração do Sistema Alternativo de Tratamento de Água, o coordenador regional da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), Darci Schumann, coordenador adjunto da 17ª Coordenadoria Regional da Saúde, Gerson Prudêncio, supervisor microrregional da Emater/RS-Ascar, João Schommer, além de secretários municipais, presidentes de entidades, associações e representantes de municípios vizinhos.