» » Programa Saúde na Escola: Palestra para aborda ISTs e gravidez na adolescência

Programa Saúde na Escola: Palestra para aborda ISTs e gravidez na adolescência

postado em: Saúde | 0

Na última quinta-feira, dia 29 de novembro, a Estratégia de Saúde da Família 1 (ESF), representada pela Enfermeira Kátia Hitinger Muller e Agente de Saúde Rafael Damian, esteve ministrando palestra aos alunos do turno da manhã da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Lorette Fanck. A iniciativa faz parte do Programa de Saúde na Escola (PSE) e abordou entre os temas: Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) e Gravidez na Adolescência.

O PSE é um programa nacional que tem a finalidade de contribuir para a formação integral dos estudantes da rede pública de educação básica por meio de ações de prevenção, promoção e atenção à saúde. Em relação à Sexualidade a proposta do projeto é realizar ações de promoção da saúde sexual e da saúde reprodutiva de adolescentes e jovens, articulando os setores de saúde e de educação. Com isso, objetivando a redução da infecção pelo HIV/DST e dos índices de evasão escolar causada pela gravidez na adolescência (ou juvenil), na população de 10 a 24 anos.

A adolescência é um período de transição entre a infância e a idade adulta, em que os jovens passam por um intenso desenvolvimento e grandes transformações. Todas as mudanças que ocorrem podem interferir no processo natural de maturidade e formação, trazendo curiosidades que levam os jovens a experimentar alguns comportamentos que fazem deles mais vulneráveis a riscos. Quando a escola opera na conscientização dos jovens adolescentes no combate às DSTs, incluindo o aspecto sexual.  Em razão disso, se faz necessário, nessa etapa de suas vidas, que esses adolescentes recebam informações corretas a respeito de sexualidade, dos riscos, precauções e cuidados, principalmente, porque cada vez se inicia mais precocemente a vida sexual, aumentando o índice de doenças sexuais e gravidez na adolescência.

Diante de qualquer dúvida ou sintomas, indiferente da faixa etária, procure a unidade de saúde. O atendimento é sigiloso, dispõe-se de teste rápido para algumas patologias (hepatite B e C,HIV e Sífilis), preservativos femininos e masculinos e outros métodos contraceptivos.

Programa Saúde na Escola no município de Chiapetta

Em 2018, o PSE atendeu cerca de 800 alunos nas seis escolas do município e no CRAS. As palestras abordaram temas como: higiene bucal, ISTs/HIV e Gravidez na Adolescência, alimentação saudável, higiene, drogas e família. Além das palestras, na área de odontologia foram realizados exames clínicos, escovação supervisionada e entregue escovas e creme dental aos alunos.