» » Estratégia da Saúde da Família 1 realiza visitas domiciliares multiprofissional

Estratégia da Saúde da Família 1 realiza visitas domiciliares multiprofissional

postado em: Saúde | 0

A Estratégia de Saúde da Família equipe 1, composta pelo médico Maçalai, enfermeira Kátia e técnica enfermagem Mara, realiza semanalmente visitas domiciliares nas microáreas dos Agentes de Saúde Rosvete, Rafael, Talini, Vanessa, Marlene. As visitas ocorrem nas quartas-feiras e tem como um dos principais objetivos, a Saúde Preventiva.

O cronograma de visitas é pré-estabelecido e cada semana uma microárea atendida. O roteiro é definido durante reunião semanal da equipe do ESF1. A enfermeira Kátia Muller explica que nestas reuniões são discutidos os casos de saúde dos pacientes e elencados quais necessitam prioritariamente de visita médica, sendo usuários acamados, cadeirantes, hipertensos e diabéticos desconpensados, câncer, gestantes, puérperas, deficientes físicos ou mentais, entre outros.

São realizadas também visitas domiciliares com a enfermeira e agente de saúde, enfermeira e técnica enfermagem ou somente com a técnica de enfermagem para realização de curativos onde o paciente não tem condiçoes de se locomover até a Unidade de Saúde. Esses atendimentos se dão conforme necessidade ou através da solicitação de familiares.  Mensalmente a equipe também acompanha o Grupo de Hipertensos e diabéticos auxiliando na aferição de Sinais Vitais.

De acordo com levantamento da equipe, em um período de seis meses, foram realizadas mais de 70 visitas domiciliares pelo médico, mais de 100 pela enfermeira e mais 200 pela técnica de enfermagem. O número ainda é considerado baixo, mas expressivo. As visitas se fazem necessárias tanto no âmbito curativo, mas principalmente preventivo, pois é ali que a equipe pode conhecer mais profundamente a real situação daquele usuário e família, pois propicia uma visão integrada da família, seus hábitos, condições socioeconômicas e higiênico-sanitárias, costumes e crenças. Possibilita o conhecimento da área, bem como da epidemiologia local, o que torna possível a elaboração de ações de promoção e prevenção à saúde adequadas à população específica. Desta forma, a visita domiciliar é essencial para o exercício da integralidade do cuidado na Estratégia de Saúde da Família.