» » Entregues os primeiros alevinos do Programa de Incentivo a Piscicultura

Entregues os primeiros alevinos do Programa de Incentivo a Piscicultura

A Secretaria Municipal de Agricultura realizou na quarta-feira, (14), a primeira entrega de alevinos após a aprovação da lei Nº 967/18, que instituiu o Programa de Incentivo a Piscicultura no município. A iniciativa prevê desconto de até 50% no valor pago por alevino. Aproximadamente, 10 mil alevinos foram entregues para agricultores familiares do município de Chiapetta.

A Administração Municipal juntamente com a Secretaria de Agricultura tem buscado, desde o início da gestão, a criação de programas para as diferentes atividades agrícolas e a criação da lei de incentivo a piscicultura é uma delas. Na avaliação do Prefeito Eder Luis Both, a iniciativa vai muito além de oferecer desconto no valor pago por alevino, “é um incentivo aos produtores para que adquiram os alevinos, povoem os açudes, proporcionando assim, a diversificação da produção, mais renda e desenvolvimento para os agricultores e para o município. É o primeiro passo e acreditamos ser de grande valia”. Além dos incentivos, a Prefeitura Municipal tem auxiliado no trabalho com retroescavadeira e máquinas para a organização dos açudes nas propriedades.

De acordo com o Secretário da Agricultura, Valdecir Dorn, a procura para fazer os pedidos de alevinos foi grande. Comparada com as edições anteriores, os pedidos após a aprovação da lei mais que dobraram. Ao todo, 26 agricultores realizaram pedidos de alevinos, que somados chegaram a quase 10 mil. Conforme levantamento, cerca de 60 açudes localizados no município receberão os alevinos das espécies Carpa Capim, Carpa Húngara espelho, Carpa Húngara escama, Carpa Húngara albina, Carpa Cabeça Grande, Carpa Prateada, Jundiá Cinza, Piava, Pacú, Grumatá, Trairão, Lambari e Tilápia.

Segundo a estimativa da Secretaria da Agricultura, daqui a aproximadamente dois anos, os peixes adquiridos pelo programa já poderão ser vendidos em feiras do peixe vivo do município. A ideia é realizar feiras mensais, visando estimular o consumo de pescado.

O Programa de Incentivo a Piscicultura se soma a outros tantos projetos que vêm sendo desenvolvidos no município. Entre eles: Programa Dissemina (sêmen de qualidade com desconto de 50% no valor de cada dose), Programa de Implantação e Ampliação de Aves (descontos de 20% no valor de cada ave adquirida), Projeto de distribuição de Calcário (distribuição gratuita de 4,3 toneladas do insumo por propriedade) e Projeto de Construção de Antessalas de Ordenha (construção de 63 salas de espera). Além disso, os serviços da Patrulha Agrícola, possibilitando, através de valor acessível, desde o preparo do solo até o plantio.

Como funciona o Programa de Incentivo a Piscicultura?

O Programa de Incentivo a Piscicultura foi instituído pela Lei Municipal Nº 967/2018 e prevê o desconto de até 50% por alevino adquirido do programa, limitado até 1.000 alevinos por agricultor, podendo ser contemplado no máximo duas vezes por ano.

Entre as espécies disponibilizadas: Carpa Capim, Carpa Húngara Espelho, Carpa Húngara Escama, Carpa Húngara Albina, Carpa Cabeça Grande, Carpa Prateada, Jundiá Cinza, Jundiá Branco, Piava, Pacú, Grumatã, Trairão, Lambari e Tilápia.

No município, a Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária é responsável pelo programa, assistência técnica e distribuição de alevinos aos piscicultores que se enquadram nas disposições da lei. São destinatários do programa os pequenos proprietários ou possuidores de áreas rurais situadas no município. Para participar é preciso estar devidamente cadastrado na Secretaria Municipal de Agricultura.

A iniciativa com vistas ao incremento da produção de peixe através dos piscicultores estabelecidos no município tem como objetivo gerar fonte alternativa de renda e diversificação da produção primária, através do aproveitamento de fontes, açudes, áreas improdutivas ou de baixa produção e da utilização de subprodutos da agropecuária.