» » Dia de Campo oportuniza experiências em torno da Bovinocultura de leite

Dia de Campo oportuniza experiências em torno da Bovinocultura de leite

No último dia 19 de julho, o Escritório da Emater/ASCAR de Chiapetta promoveu Dia de Campo para os agricultores de municípios da região integrantes da Rede Leite e também agricultores interessados do município de Chiapetta. Sediado na propriedade de Rubem Ianke e família, localizada na comunidade São José, o encontro reuniu experiências em torno da bovinocultura de leite.

O Encontro de Unidades de observação da Rede Leite iniciou pela manhã. Neste ano, o programa Rede Leite completa 10 anos de atuação e por isso, o encontro serviu para a troca de experiências entre os produtores participantes e análise da evolução produtiva, social e ambiental na propriedade da família Ianke.

De acordo com a equipe do Escritório da EMATER/ASCAR, a propriedade recebe assistência técnica desde 2008. De lá pra cá, várias mudanças positivas são percebidas. Entre elas, aumento da produção leiteira de 5mil para mais de 20 mil litros de leite mensais, construção de sala de ordenha, de tratador e corredor de concreto para o rebanho acessar os piquetes, irrigação, melhoria genética do rebanho, entre outras.

Conforme avaliação do Escritório da Emater, o dia de campo foi muito importante, pois oportunizou aos agricultores participantes a troca de experiência e conhecimentos que poderão ser aplicados em suas propriedades. Participaram do Dia de Campo, famílias de treze municípios da região, extensionistas da Emater, Embrapa, instituições de ensino, agricultores, Secretaria da Agricultura e o Prefeito Municipal, Eder Luis Both.

O terceiro momento da tarde de campo tratou sobre o manejo de irrigação e sobre a semeadura em áreas de pastagens perenes. No município há 15 propriedades com o sistema e a estação teve como objetivo mostrar como otimizar ainda mais as áreas irrigadas.

Durante a tarde, a organização estruturou três estações. A primeira delas, na propriedade de Vanderlei Hineraske, discutiu a introdução da alfafa na alimentação dos bovinos de leite, na ideia de qualificação da dieta dos animais. Já a segunda estação contou com o projeto de infraestrutura rural e humanização dos espaços de trabalho, apresentado pelo Secretário Municipal da Agricultura, Valdecir Dorn, e do médico veterinário, Henrique Pereira da Silva. Na oportunidade foi apresentado os projetos de construção de antessalas de ordenhas de concreto e também a sala de ordenha e corredor construído na propriedade da família.