» » Três estudantes do município são contemplados no Programa Bolsa Juventude Rural

Três estudantes do município são contemplados no Programa Bolsa Juventude Rural

Com o objetivo de dar oportunidade e condições de acesso e permanência no Ensino Médio e de implantação de projetos produtivos sustentáveis, estimulando a sucessão nas propriedades rurais familiares, foi assinado na última sexta-feira, 13, os projetos de três estudantes do município contemplados no programa Bolsa Juventude Rural. O Programa é oferecido pelo governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR).

Os estudantes Fernanda Maboni, Gustavo Zache e Lucas Montovani cursam o Ensino Médio da Escola Estadual Anchieta. Os jovens são filhos de agricultores familiares e foram contemplados dentro do programa que visa evitar o êxodo rural e garantir uma renda extra para os estudos. Durante o período de 10 meses, será concedida bolsa de R$ 200,00 mensais para os estudantes, podendo esta renda ser utilizada na compra de material escolar, transporte etc.

Para poder participar do programa, os estudantes deverão implantar projetos produtivos em suas propriedades, juntamente com os pais.  A ideia é que possam aproveitar o conhecimento obtido na escola com a prática. De acordo com o Escritório da Emater/ASCAR de Chiapetta, que supervisiona os projetos, serão desenvolvidas práticas e experiências em torno da produção de alimentos.

A estudante Fernanda Maboni vai trabalhar com a pscicultura, tentando explorar a atividade e ao final do período, fazer uma feira do peixe. Gustavo Zache vai implantar o projeto de produção de aves de postura e produção de ovos coloniais, com sistema de galinha solta e vai apoiar ainda a produção de leite. Já o estudante Lucas Montovani vai desenvolver projeto para a produção de alimentos para o autoconsumo e a comercialização dos excedentes na feira e no PAA Municipal.

Na avaliação da Emater, o programa contribui para a discussão sobre juventude e sucessão familiar, na perspectiva de dar oportunidade para o jovem criar suas experiências em torno da produção de alimentos dentro da unidade produtiva da família. Isso vai construindo, aos poucos, a noção de permanência no ambiente e contribui para que possa clarear a tomada de decisão sobre ficar ou não na propriedade.

Durante o momento organizado pela Emater na Câmara de Vereadores, o Prefeito Municipal, Eder Luis Both, aproveitou para parabenizar a equipe da Emater e a SDR pela iniciativa. Parabenizou ainda os estudantes por aceitarem o desafio de desenvolver políticas em suas propriedades e aos pais que estão incentivando os filhos a aplicar os conhecimentos. Finalizou pedindo aos pais que deem liberdade e saibam ouvir os jovens, permitindo a eles também o poder de decisão.

Estiveram presentes na solenidade de assinatura dos projetos do programa Bolsa Juventude Rural, o Presidente do Corede, Celeiro Carlos Eugênio dos Santos, o coordenador de Programas da SDR, Jucelar Berté, o Prefeito Municipal, Eder Luis Both, a Presidente do legislativo, Cleomara Bertaso, e demais vereadores, Secretário da Agricultura, Valdecir Dorn, Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Clovis Obregão dos Santos, Diretora da Escola Estadual Anchieta, Cátia Janke, equipes do Escritório Municipal da Emater/Ascar e da secretaria da agricultura, agricultores familiares e estudantes beneficiados no programa bolsa jovem rural.