» » Novos Agentes Comunitários de Saúde são contratados

Novos Agentes Comunitários de Saúde são contratados

O Prefeito Municipal de Chiapetta, Eder Luis Both, recebeu em seu gabinete na segunda-feira, 06, os novos Agentes Comunitários de Saúde (ACS). O Grupo foi selecionado no Processo Seletivo Simplificado realizado pela Prefeitura de Chiapetta e passam a integrar as equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF) e atender as microáreas. Ao todo, cinco agentes foram contratados.

Antes de serem contratados, eles realizaram curso introdutório de formação inicial e continuada, o qual é requisito para o exercício da atividade. O Agente Comunitário de Saúde tem como atribuição o exercício de atividades de prevenção de doenças e promoção da saúde mediante ações domiciliares ou comunitárias, individuais ou coletivas, desenvolvidas em conformidade com as diretrizes do SUS e sob supervisão do gestor municipal.

Quem são os Agentes Comunitários da Saúde (ACS)?

Os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) são trabalhadores importantes dentro do Sistema Único de Saúde. Ambos trabalham com a comunidade da área, do bairro, da cidade ou da região rural para facilitar o acesso da população à saúde e prevenir doenças.

O ACS deve visitar regularmente residências e fazer registros da população, em relação a documentos básicos para o acesso aos serviços de saúde e em relação aos possíveis problemas de saúde que possam ser identificados na residência. Assim, o ACS deve orientar pessoas em relação à sua saúde, encaminhando ao posto de saúde ou outros locais de atendimento sempre que necessário.

Entre as atividades do Agente Comunitário de Saúde, na sua área de atuação:

  • A utilização de instrumentos para diagnóstico demográfico e sociocultural da comunidade;
  • A promoção de ações de educação para a saúde individual e coletiva;
  • O registro, para fins exclusivos de controle e planejamento das ações de saúde, de nascimentos, óbitos, doenças e outros agravos à saúde;
  • O estímulo à participação da comunidade nas políticas públicas voltadas para área da saúde;
  • A realização de visitas domiciliares periódicas para monitoramento de situações de risco à família;
  • A participação em ações que fortaleçam os elos entre o setor saúde e outras políticas que promovam a qualidade de vida.

 

Deixe uma resposta